Category Archives: Sobre o Site

<form target=”pagseguro” action=”https://pagseguro.uol.com.br/checkout/v2/cart.html?action=add” method=”post”>
<input type=”hidden” name=”itemCode” value=”00BCB9632828A927749E7F849702A597″/>
<input type=”image” src=”https://p.simg.uol.com.br/out/pagseguro/i/botoes/pagamentos/209×48-comprar-assina.gif” name=”submit” alt=”Pague com PagSeguro – é rápido, grátis e seguro!” />
</form>

Na baixa do Artilheiro

http://fdario.podomatic.com/entry/2010-02-17T14_24_27-08_00

Na baixa do artilheiro

Dei baixa ó meu faixa

não relaxa

vê se tu não me esculacha

que eu não sou mais reco não

Dei baixa e sei disso

já cumpri meu compromisso

dei um ano de serviço

pra nação

E vou continuar a minha vida

esquecendo que um dia

eu servi lá no quartel

e tendo sido uma vez soldado

tenho já assegurado

meu cantinho lá no céu

Adeus ó farda

adeus meu mosquetão

mulher amada

teu sustento

me custou tanto suor

Adeus quartel do Leme

onde no inverno a gente treme

e no verão viramos H2VO

Adeus rancho e faxina

adeus justiça e disciplina

adeus parte, detimento, xilindró

Adeus meu bom sargento

terminado o sofrimento

confesso

eu não lhe guardo rancor

Até, pra dizer a verdade,

vou levar uma saudade

masoquista do senhor

Vou-me embora corneteiro

chegou a hora da partida

toque o toque de despedida

que eu vou enfrentar a vida

esperei o ano inteiro

meu dia chegou

Ora direis

http://fdario.podomatic.com/entry/2010-02-06T18_23_16-08_00

Ora direis

Estrela desajustada

em sua constelação

quando brilhava diziam

parece luz de avião

ganhava a vida fazendo

reclame para um sabão

chateada fugiu com um cometa playboy

pra viver de verdade

tremia de medo a seu lado

porque mãe lua se sabe

mas a lua era chique posava

para um sputnik

fotografar

Sambando de madrugada

deitando de manhã cedo

adormecendo de dia

meu sonho tinha um segredo

gostava da melodia que chora

a tristeza das estrelinhas

quando a noite vai embora

Eis que um dia porém

uma linda estrelinha

esqueceu-se da alvorada

e dormiu no céu

meu sonho logo quem

ao voltar da boemia

viu brilhar a estrelinha

raios cor de mel

Assobiando baixinho

suspirando de paixão

meu sonho o coitadinho

está amando em vão

O violão encostado

para o samba social

fez trégua com a burguesia

não lê mais O Capital

Eis que um dia porém

cansadinha de brilhar

a estrelinha disse adeus

e mergulhou no mar

Desde então, desde então

meu sonho vive a chorar

contando as estrelas

No ultimo quartel do século

http://fdario.podomatic.com/entry/2010-02-05T14_07_08-08_00

No último quartel do século

No último quartel do século

uma virgem blindada

ensinava aos transeuntes

como é que a gente faz de madrugada

eu pago pra ver

depois preciso esquecer

mas eu não posso perder

sai de cima

No último quartel do século

uma bruxa malvada

inventou o canhão que fazia café

e a TV desbotada

Eu pago pra ver

depois preciso vender

mas eu não posso perder

sai de cima

No último quartel do século

um valete de espadas

tricotava uma bota marchando de ré

e era uma parada

Eu pago pra ver

depois preciso esquecer

mas eu não posso perder

sai de cima

Nicanor

http://fdario.podomatic.com/entry/2010-02-05T14_04_49-08_00

Nicanor

Guardem todos seus sorrisos

venham só de lenços brancos

guardem todos seus sorrisos

Nicanor

que foi morto por engano

o corpo cheio de tiros

tem os lábios entreabertos

pelo último suspiro

encontrado em decúbito dorsal

hoje ele é

a nota policial

Guardem todos seus sorrisos

venham só de lenços brancos

guardem todos seus sorrisos

Nicanor

Nicanor era um pacato

funcionário da Central

Nicanor nunca devia

mais que um mês de aluguel

Na caçada ao criminoso

seu barraco foi cercado

e mandaram ele pro céu

mas mataram o homem errado

seu delegado

Guardem todos seus sorrisos

venham só de lenços brancos

guardem todos seus sorrisos

Nicanor

Que bebia na birosca

só um porre por semana

que viveu sempre solteiro

mas gostava de criança

Seus amigos, companheiros

de trabalho ex-namoradas

vamos todos lhe levar

para a última morada

Nicanor é fim de estrada

Guardem todos seus sorrisos

venham só de lenços brancos

guardem todos seus sorrisos

Nicanor

Camisa Azul

Camisa Azul

http://fdario.podomatic.com/entry/2010-02-05T14_02_06-08_00

Roubaram minha chultzá

pifaram minha anivá

não posso mais entrar

no mifcad

Roubaram não sei porque

o meu semel de boguer

como é que vou fazer minha aliyá

Não ando mais de tilboshet

sheliah já bronqueou

e os chaverim tão me olhando

como se eu fosse archavá

Mas acontece que roubaram

minha chultzá chulá

mas acontece que roubaram minha anivá

mas acontece que eu tenho que bronquear

que é que há?

Tem um ganev escondido na tnuá