Ora direis

http://fdario.podomatic.com/entry/2010-02-06T18_23_16-08_00

Ora direis

Estrela desajustada

em sua constelação

quando brilhava diziam

parece luz de avião

ganhava a vida fazendo

reclame para um sabão

chateada fugiu com um cometa playboy

pra viver de verdade

tremia de medo a seu lado

porque mãe lua se sabe

mas a lua era chique posava

para um sputnik

fotografar

Sambando de madrugada

deitando de manhã cedo

adormecendo de dia

meu sonho tinha um segredo

gostava da melodia que chora

a tristeza das estrelinhas

quando a noite vai embora

Eis que um dia porém

uma linda estrelinha

esqueceu-se da alvorada

e dormiu no céu

meu sonho logo quem

ao voltar da boemia

viu brilhar a estrelinha

raios cor de mel

Assobiando baixinho

suspirando de paixão

meu sonho o coitadinho

está amando em vão

O violão encostado

para o samba social

fez trégua com a burguesia

não lê mais O Capital

Eis que um dia porém

cansadinha de brilhar

a estrelinha disse adeus

e mergulhou no mar

Desde então, desde então

meu sonho vive a chorar

contando as estrelas