Princesa

http://fdario.podomatic.com/entry/2010-02-09T21_56_46-08_00

Princesa

Princesa, meu amor é nuvem

meu amor é vento

mas quem sabe possa

enxugar teu lenço

De tanto procurar pureza

hoje dou ternura

aprendi tristeza

a flor não dura

uma areia

Princesa há uma luz no rio

e uma luz na ponte

uma em teus olhos

e outra no horizonte

e outra não sei onde

Princesa nossa noite ainda

amanheceu lá fora

o orvalho pinga

nos varais da aurora

e eu vou embora

Princesa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>